fbpx

 (43) 3571-2001  |  (43) 98868-6264  | dentista@clinicaalegramais.com.br

 (43) 3571-2001  | (43) 98868-6264
| dentista@clinicaalegramais.com.br

Que todo mundo quer um sorriso branquinho e brilhante todo mundo sabe. Mas diante das opções de clareamento, há muitas dúvidas sobre qual procedimento escolher. E essa é uma pergunta que não tem resposta certa, pois ambos os tipos são eficazes. Mas então, como saber qual o clareamento vai me dar o resultado que preciso? Vamos explicar qual a diferença desses dois métodos, bem como as vantagens e desvantagens de cada um. Acompanhe!

Clareamento dental no consultório: como funciona

O clareamento realizado no consultório odontológico pode ser feito em apenas uma, ou em até cinco sessões. A quantidade e duração das sessões depende da individualidade de cada paciente. Durante a sessão, o profissional aplica um protetor interno para prevenir queimaduras nos lábios, bochechas e gengiva. Em seguida, aplica-se um agente químico clareador sobre a arcada dentária.

A grande vantagem deste tipo de técnica é sua rapidez. Por utilizar um produto com concentração maior, o paciente pode conseguir o resultado esperado em apenas uma única sessão. Para quem está com pressa em ter os dentes brancos, essa pode ser a melhor solução. No entanto, vale ressaltar que este método é mais agressivo. Por essa razão, existem muitas contraindicações por parte dos dentistas.

Clareamento dental caseiro: entendendo a diferença

O clareamento dentário caseiro, como o próprio nome já diz, é realizado em casa. Ele costuma durar no mínimo 14 dias, com o uso diário de uma “plaquinha” de silicone. No entanto, vale ressaltar que o tempo de tratamento pode variar de paciente para paciente. Isso porque cada arcada dentária tem suas particularidades; o dentista terá que avaliar qual é o melhor agente clareador para o paciente, prezando sempre pela saúde bucal e focando em não desgastar demais os dentes durante o processo.

A primeira etapa desta técnica consiste em uma consulta odontológica. Nela, o dentista faz os moldes superior e inferior dos dentes para que seja feita uma moldeira com o agente clareador para o paciente. Após a confecção, em uma segunda consulta, o profissional fará os ajustes da moldeira na boca do indivíduo. Ele também dará todas as orientações para a realização e manutenção do processo em casa. Durante todo o tratamento, o paciente será supervisionado pelo dentista. Este processo é mais longo e requer visitas periódicas ao consultório.

Embora seja um processo mais lento, essa técnica é largamente utilizada por ser menos agressiva. Por ser realizada de maneira gradual, é possível “atacar” a estrutura dentária aos poucos, mas ainda assim chegando a um resultado satisfatório. A chave para quem escolhe o clareamento caseiro é ter paciência. Não dá pra usar a moldeira por um dia e já ficar de plantão na frente do espelho querendo logo ver o resultado, né? Calma!

Essa prática também costuma ser mais barata do que o clareamento dental a laser. Este fato também se reflete em sua grande demanda, pois cabe no bolso de quem está procurando fazer uma economia.

Qualquer método que eu escolher, irá funcionar?

O clareamento é uma técnica que utiliza agentes clareadores para resgatar a cor original dos dentes. O objetivo, em ambos os métodos, é o mesmo. Portanto, a chance de você conseguir o resultado que almeja é alta em qualquer caso.

Porém, o sucesso do clareamento dental a laser ou caseiro também vai depender de você. Lembre-se que o tratamento não acaba com o fim da sessão ou dos dias usando a moldeira! É preciso tomar alguns cuidados envolvendo alimentação, higiene e mudança de hábitos após o procedimento. Mas, seguindo todas as orientações, temos certeza que você conquistará o tão sonhado sorriso branco.

Entre em contato agora mesmo